No início a ideia do Blog era ter a experiência de desenvolver o design dele. Eu sempre adorei a internet e a linguagem de desenvolvimento (apesar de não ser da área). Na época meu flickr e orkut (sim sou dessa era, rsss) bombava. Sempre tive muitos seguidores e a galera amava o meu estilo e dicas que dava e o do que usava.

Viver de um Blog

Bem, a ideia do blog veio com o nascimento do meu terceiro filho e que decidi que ficaria em casa por um tempo (já que nas 2 primeiras gestações com 15 dias eu ja estava de volta ao trabalho … longa história que fica para um próximo post se vocês quiserem saber…). A ideia era falar sobre maternidade e como é ser mãe de meninos. Se vocês buscarem aqui verão que tentei realmente que esse seria o foco. Mas como muita gente sempre pedia dicas e tal, o Blog foi indo naturalmente para área de moda e beleza e a parte da maternidade e afins entrou como lifestyle. E o primeiros post de boas vindas subiu dia 30 de maio de 2013. 

5 anos se passaram e o blog já passou por várias modificações (e vai passar por mais uma… aguardem!) Na época eu desenvolvi ele na plataforma Blogger e depois senti a necessidade e migrei para o WordPress, plataforma que dava mais suporte ao que precisava. A melhor parte do meu dia era quando chegava meia noite e finalmente eu podia ver o número de acessos que o blog havia recebido naquele dia. Dia após dia os números só aumentavam e eu sempre ficava me perguntando de onde surgia tanta gente para acessar meu blog. E foi devido a esse crescimento, que um ano depois decidi me dedicar e viver do que até então era apenas um sonho.

Viver de um Blog

Para fazer um site passo a passo veja aqui e para criar no WordPress aqui.

Viver de Blog inicialmente (e nem depois) é muito fácil. Você precisa se dedicar como em todos os trabalhos, criar muito conteúdo legal, pesquisar palavras chaves que estejam em grande volume no Google e ai tentar unir tudo num post para que ele possa ser indexado melhor pelo sistema de busca. Não é fácil, mas as redes sociais acabam dando um ajuda nessa área de divulgação e tentar trazer mais acessos para seu blog/site.

Há algum tempo comecei a estudar mais sobre esse lado empresarial de um blog.  Ao longo desse tempo, eu acabei criando a minha marca sem perceber (e agora esta sendo atualizada e ficando mais moderna. mudando comigo nessa caminhada). Por sempre falar de coisas que gostava, as pessoas automaticamente começaram a assimilar essas coisas a mim. E é a coisa mais fofa do mundo estar no instagram e ver as marcações de leitoras super queridas em fotos de coisas que eu possivelmente gostaria.

Muita gente ainda me pergunta se dá para viver somente trabalhando com um blog, e claro, é possível sim. Quando o blog apareceu, vi uma oportunidade de fazer algo que eu amava e era o início para a vida que eu sempre sonhei: ser dona do meu próprio negócio. E digo mais: o Blog acabou abrindo outras portas pra mim no mundo digital: como sou formada em Publicidade e Propaganda, trabalhar com a internet me trouxe a experiência que precisava (e fiz alguns cursos também) pra abrir minha agência de marketing digital e hoje ambos trabalhos ando juntos, lado a lado.

Não caia na ilusão de acreditar no que as revistas dizem por aí: “Blogueira ganha milhões por postagem no Instagram”. Toda vez que vejo matérias assim, os comentários são de partir o coração. Leio coisas como: “O jeito é ser blogueira então”, “Vou criar um blog e amanhã estou rica”. De fato, há muita gente ganhando bastante dinheiro com internet, mas em toda indústria sempre existirão aquelas pessoas mais bem sucedidas que outras. E elas fazem parte de uma minoria que conseguiram chegar no topo. E não é fácil chegar no topo. A grande maioria se dedicam a esse trabalho há anos. Nada acontece da noite para o dia e há muito trabalho envolvido.

Viver de um Blog

O importante é começar e ir aprimorando com o tempo: tanto no conteúdo quanto em layouts e funcionalidades do seu site.


Você vai querer ver esses também!

Publicitária, blogueira, empresária, mãe, mulher, irmã, filha, dona de casa. Mais? Clique na bio e conheça um pouco mais de mim. Beijos.