A relação que temos com nosso rosto é algo forte. Nos olhamos no espelho constantemente e com a era dos selfies e stories, temos a tendência de ficar vendo e revendo nossa imagem ao longo do dia. Você pode ser daquele tipo de pessoa que não tem do que reclamar do seu rosto, ou melhor, do seu nariz, mas não é assim com todo mundo. É por esse motivo que surgiu a rinoplastia, a cirurgia plástica indicada para quem deseja fazer algum tipo de correção estética no nariz.

rinoplastia Dr Pablo

Este procedimento dá ao paciente inúmeras possibilidades, sendo possível através da rinoplastia aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, ou mesmo diminuir a projeção da ponta, afinar as asas nasais e diminuir a giba óssea (“osso” ou “calo” do nariz). Muitas vezes, ela pode ser associada a outros procedimentos nasais, como a correção do desvio do septo nasal e a retirada de parte dos cornetos nasais, popularmente conhecidos como “carne esponjosa”.

“A recomendação é que o procedimento seja feito a partir dos 15 anos de idade, pois o desenvolvimento facial da pessoa já está concluído”, ressalta o cirurgião plástico, Dr Pablo Huber.

Ao todo existem duas técnicas genéricas que podem ser utilizadas na rinoplastia: a exorrinoplastia (aberta) ou a endonasal (fechada).

“As duas técnicas podem ser utilizadas, vai do critério do cirurgião plástico. Em meus pacientes costumo utilizar mais a técnica exorrinoplástica por sua melhor precisão na correção estética do nariz do paciente”, explica Huber. Na técnica aberta é feita uma pequena incisão na base do nariz, entre as narinas, e na parte interna de cada narina.

Diferente do consenso popular, nem sempre é necessário fraturar o nariz ao se fazer uma rinoplastia. A fratura só acontece mediante avaliação prévia durante o exame físico e sempre com o intuito de diminuir o ossinho do nariz ou ainda a base alargada. Quando o paciente também sofreu algum tipo de fratura prévia que entortou o nariz, a fratura também pode ser necessária para ajustá-lo.

rinoplastia Dr Pablo

E depois, como é o pós-operatório?

A cirurgia de rinoplastia dura aproximadamente 2 horas e para a cicatrização no nariz é utilizado um plástico enrijecido, que fixa melhor, é mais higiênico e permite que o nariz fique imóvel por mais tempo.

“Os curativos são mantidos por 2 semanas, sendo que em sete dias deve ser utilizado somente o plástico e nos outros sete somente com o uso da fita adesiva porosa”, explica.

O cirurgião também usa “splints” nasais de silicone para substituir os populares tampões. A grande vantagem é que, pelo fato de os splints possuírem um orifício, como um caninho, o paciente respira normalmente e mantém as vantagens do uso do tampão, ficando os splints por mais tempo, em geral 2 semanas.

De acordo com o cirurgião, é comum que a respiração fique um pouco mais difícil no começo devido ao inchaço após retirada dos splints. Esse problema pode ser resolvido com o uso de descongestionantes nasais indicados pelo cirurgião. A alimentação também deve seguir um padrão para facilitar a recuperação da região, que estará mais dolorida e inflamada. Por, pelo menos, sete dias, o alimento pastoso é o mais indicado, já que os alimentos duros exigem uma mastigação mais forte e podem gerar incômodo.

O repouso deve ser mais intenso nos primeiros sete dias e moderado após o 15º dia. Depois desse período, o paciente já consegue voltar ao trabalho e à rotina, porém a prática de exercícios fica vetada de 2 a 3 meses após a cirurgia para total recuperação do nariz.

Viu? Melhorar a estética do nariz é simples, mas deve ser feita com um cirurgião de sua confiança e que preze pela proporção e simetria facial do seu rosto. Antes de qualquer procedimento, tire todas as suas dúvidas e converse bastante com seu cirurgião até chegarem a uma solução harmoniosa e que atenda a sua vontade.

Dr Pablo Huber atende na Av. Silva Jardim, 3888. Siga-o nas redes sociais: facebook e instagram.


Você vai querer ver esses também!

Publicitária, blogueira, empresária, mãe, mulher, irmã, filha, dona de casa. Mais? Clique na bio e conheça um pouco mais de mim. Beijos.