Bom dia girls and boys, tudo bem?

Como passaram de findi? Eu passei tentando recarregar as energias da semana passada que fi super corrida. E por falar em semana de moda, vai ter over post do SPFW Verão 16 por aqui (so sorry!). Mas tem muito conteúdo bacana para mostrar para vocês, amores, de tendências, quem passou por lá, makes que vão colar nas antenadas, meus lookitos …. enfim… prometo não me estender além da conta…. mas acredito que vocês vão gostar do que vem por ai. Tem até vlog da semana de moda.

No segundo dia de SPFW, fui para o desfile da Juliana Jabour com esse vestido deuso da Lez a Lez Curitiba de Jacquard. Em tons quentes como o amarelo, vermelho e o marsala esse vestido além de quentinho, arrasa em qualquer ocasião. Look that:

Look-2-SPFW-Lez-a-Lez-Desfile-juliana-jabour (5) Look-2-SPFW-Lez-a-Lez-Desfile-juliana-jabour (4) Look-2-SPFW-Lez-a-Lez-Desfile-juliana-jabour (3) Look-2-SPFW-Lez-a-Lez-Desfile-juliana-jabour (1) Look-2-SPFW-Lez-a-Lez-Desfile-juliana-jabour (6) Look-2-SPFW-Lez-a-Lez-Desfile-juliana-jabour (8)

Muito lindo né naum? Pra completar o look usei sandália marsala da Arezzo da coleção da nova coleção de inverno e óculos desejo de todas as itgirls, Dior So Real. (peguei da minha room partner) #tkscarmenzita

Agora imagine esse vestido com uma jaquetinha jeans e um tênis branco… super rola para um happy hour descontraido. #adoro

E falando em Juliana Jabour, a estilista trouxe para a passarela uma coleção inspiração nos 70, levou para a passarela muita fluidez e movimento. Desenvolvida toda em tecidos planos a coleção conta com plissados, flores vazadas e efeitos de blusado. Destaque para os maxibrincos (que amo), croppeds e para a silhueta alongada.

juliana-jabour-spfw-verao2016-ed2

Mas esqueça florais de qualquer tipo e a pegada hippie total. Um perfume bem leve do movimento, sim, na silhueta solta dos longos vestidos, ponto alto do inverno da marca. Eles vinham com detalhes de renda guipure ora no decote, ora na barra, como a peça em tom suave mas não apagado de azul, ou em versões plissadas, caso do modelo bicolor ferrugem e branco.

O tecido plano, usado pela primeira vez em toda a coleção – Juliana desta vez não criou nada em malha, sua marca-registrada – foi pouco estampado, outro recurso que garantiu um equilíbrio de cores que evocava o trabalho do fotógrafo britânico David Hamilton, que ficou famoso nos anos 70 por seus retratos de jovens mulheres nuas ou seminuas em imagens de tons suaves, quase oníricos. No caso do Verão 2016 da estilista, três prints foram usados: um gráfico miúdo preto e branco, outro com grafismos maiores feito em duas combinações de cores e um últimos de listras horizontais.

Os pontos de alfaiataria contribuíram para deixar a fluidez da coleção mais estruturada, embora ainda solta e confortável. Macacões e macaquinho e saias longe do corpo combinadas com tops idem completaram a gama de looks, dentro da qual faz parte a coleção cápsula que a estilista criou para a grife Lez a Lez, da qual recentemente foi nomeada diretora criativa.Já estou amando essa coleção da Juliana Jabour e estou doida para usar.

Menians gostaram desse novo formato de post? Pra não ficar tão overposting, acredito que fique melhor colocar meus looks usados e as informações fashion dos desfiles assim. Que acharam?

Beijocas.

 

Fotos desfile Zé Takahashi / Ag. Fotosite

Você vai querer ver esses também!

Publicitária, blogueira, empresária, mãe, mulher, irmã, filha, dona de casa. Mais? Clique na bio e conheça um pouco mais de mim. Beijos.